Empresas Inovam para Deixar Carnaval Ecologicamente Correto
5 de Fevereiro de 2018
5 Dicas para Ativar Sua Habilidade Empreendedora
7 de Fevereiro de 2018
Exibir tudo

Vender Roupa Em Domicílio Faz Empreendedor Faturar R$ 1Milhão

Foto/Reprodução

Estilo, comodismo e preço baixo é a fórmula do sucesso da Seal Brasil. Empreendedor fala do sucesso da marca e da estratégia de vendas. Veja!

A maneira de vestir sempre foi uma forma de mostrar o próprio estilo. É assim que pensa Sergio D’Urso, 34, empreendedor apaixonado pelo o universo da confecção. Desde jovem trabalhou junto com a família em uma loja para noivas, mas sempre quis um projeto mais próximo do seu estilo. “Eu gostava do universo da confecção e de poder criar produtos, mas não para noivas. Queria algo mais a ver comigo”.

A Formado em publicidade e experiência com redação de criação lhe deram sustentação no início do projeto da Seal Brasil. Ele começou a produzir camisas com 5 estampas, 50 unidades de cada. Fez um evento de lançamento para amigos e familiares e viu que daria certo. “Fiz a coleção com tanto carinho que vendeu tudo. E não só vendeu como o pessoal usava, não apenas para me prestigiar. Eles realmente gostavam”, conta.

O empreendedor, então, abriu uma loja na Vila Madalena. Nela, D’Urso passou a vender todos os tipos de roupas focando no público masculino. Mas foi quando um vendedor da loja pediu para levar roupas para um cliente ver em casa que o negócio mudou de rumo.

“O cliente comprou quase todas as roupas e eu percebi que era algo rentável. O Brasil estava entrando em crise e já se discutia se loja física era um modelo que valia a pena”,  afirma D’Urso. “Eu sabia que o público masculino tinha resistência em ir até as lojas comprar roupas.”

Hoje o carro chefe da Seal são as malas com roupas. O cliente aponta o estilo e no máximo, 2 dias, um vendedor vai até a casa dele com roupas selecionadas. Geralmente é venda na certa. D’Urso afirma que saem de 10 a 12 malas por dia.

O empreendedor destaca que o serviço de malas não tem custo para o cliente. “Trabalhamos com liberdade e confiança. O cliente tem o direito de receber a mala em casa e não comprar nada. E confiança porque a gente não pede nada em troca para levar”.

Esta confiança rendeu ao Sérgio R$111mil só no último mês e R$ 1 Milhão no último ano. Com o crescimento da marca, D’Urso também apostou no público feminino, que agora corresponde a cerca de 30% dos clientes. Com isso, mais casais começaram a encomendar malas para que seus parceiros pudessem escolher roupas para ganhar de presente.

Cia Magistral
Cia Magistral
Criado em 1989, o curso conta com técnicas próprias, desenvolvidas pela fundadora da empresa, Isolene Niedermeyer, e ensina de maneira prática e eficaz, os seus alunos a fabricar lindas lingeries com a qualidade que o mercado exige. Mesmo se o aluno nunca costurou é possível aprender. Desde a sua criação, o Curso de Confecção de Lingeries Cia. Magistral já formou mais de 300 mil alunos em todo o Brasil e continua contribuindo com uma formação plena e profissional contribuindo para o crescimento individual de cada profissional e a realização dos seus sonhos.
//]]>