Mulher desenvolve repelente natural contra febre amarela
22 de janeiro de 2018
Pesquisa Revela Empreendedores Mais Otimistas
25 de janeiro de 2018
Exibir tudo

Pinterest/ Reprodução

Para o faturamento da sua empresa crescer é preciso está sempre atento a detalhes importantes. Separamos neste artigo 5 Dicas para montar um bom ponto de Venda. Veja!

Há diversos fatores que podem influenciar no sucesso das vendas, mas nenhum deles é tão crucial quanto à montagem de um ponto de venda. Layout, exposição dos produtos e experiência de compras estão entre os subitens cruciais de um bom ponto de venda.

Também é preciso provar que você sabe o que é conveniente para o consumidor e usar os recursos disponíveis para manter o comprador dentro da loja. Veja as 5 melhores dicas que vão te ajudar a vender com qualidade.

1 – Solucione problemas. Seja transparente na hora de resolver problemas. Dê ao cliente a possibilidade de comprar o produto online e buscar na loja física, facilite a troca ou a devolução de um produto no ponto de venda e disponibilize o delivery, quando fizer sentido. “Divulgue essas conveniências nos ambientes físico e online”, diz Michel Cutait, consultor de shopping centers e varejo da Make it Work.

2 – Mostre informações.Prover o consumidor de informações técnicas é fundamental, especialmente em experiências de autosserviço. Una esforços com a indústria para fortalecer a divulgação de produtos, seja por meio de cartazes no ponto de venda, banners na loja virtual, promoção e patrocínio de eventos, entre outras ações de merchandising.

3 – Informe a ação dos canais. Mantenha a equipe de vendas a par das campanhas online, produtos e recursos de compras disponíveis, características de funcionamento do canal eletrônico e condições de troca e prazos. Atente para as avaliações dos clientes do e-commerce e compartilhe o conteúdo com as lojas físicas. “É essencial que todos saibam o que é tendência, o que o público comenta e curte, o que vem sendo amplamente divulgado e o que faz sentido para o consumidor”, afirma Fabiana Mendes, sócia-diretora da consultoria GS&Friedman.

4 – Adapte a oferta. Crie rotinas diferentes para o funcionamento da loja ao longo do dia ou da semana, de acordo com os hábitos de consumo dos clientes. Por exemplo: um restaurante localizado em um shopping pode focar em pratos executivos durante a semana, no almoço. No final da tarde, faz sentido ter um cardápio de happy hour. Nos finais de semana, ganha destaque o menu para a família.

5 – Priorize a visualização.Disponha as mercadorias de forma que sejam facilmente visualizadas e adquiridas, tanto em uma loja física quanto no e-commerce. Dê destaque nas prateleiras e no site aos itens mais desejados pelos clientes. Mas reserve também um espaço para produtos menos procurados: a visibilidade pode aumentar o giro daquele artigo e contribuir para melhorar a receita.

 

*Especialistas em entrevista para Revista PEGN

Cia Magistral
Cia Magistral
Criado em 1989, o curso conta com técnicas próprias, desenvolvidas pela fundadora da empresa, Isolene Niedermeyer, e ensina de maneira prática e eficaz, os seus alunos a fabricar lindas lingeries com a qualidade que o mercado exige. Mesmo se o aluno nunca costurou é possível aprender. Desde a sua criação, o Curso de Confecção de Lingeries Cia. Magistral já formou mais de 300 mil alunos em todo o Brasil e continua contribuindo com uma formação plena e profissional contribuindo para o crescimento individual de cada profissional e a realização dos seus sonhos.
//]]>